Serviço Militar: Jovens passam pela Comissão de Seleção do Exército Brasileiro em Toledo

O jovem do sexo masculino que completa 18 anos de idade esse ano precisa passar pelo Serviço Militar obrigatório. Aproximadamente 720 jovens residentes em Toledo realizaram o seu alistamento e até o próximo dia 11 de outubro participam do processo de Seleção realizado pela Comissão de Efetivos designada pelo Exército Brasileiro. Os procedimentos tiveram início nesta terça-feira (03) e seguem até a próxima quarta-feira (11) no Centro da Juventude Márcio Antônio Bombardelli, CJU do Jardim Europa, das 7h às 13h.  

 

O conscrito precisa acessar seu cadastro no Sistema Eletrônico de Recrutamento Militar (SERMIL) e comparecer no horário agendado portando um documento com foto e comprovante de alistamento. Nesta primeira fase, os jovens passarão por avaliação médica, odontológica, testes de aptidão e entrevistas. Alguns deles irão para a próxima fase e outros serão dispensados. 

 

Para quem possui alguma incapacidade física ou restritiva, solicita-se que já leve seus exames para apresentar na avaliação médica. Para os conscritos que já são pais, solicita-se que leve a certidão de nascimento de seus filhos. 

 

A equipe de seleção é composta por 30 militares, sendo em seu efetivo, tenentes, subtenentes, sargentos, cabos e soldados. Um quadro de 27 homens e 03 mulheres. O presidente da equipe da CS 2023 é o  2º Ten Marcos Valentim de Mello. Para evitar transtornos e sanções, a equipe da Junta Militar de Toledo reforça a importância dos jovens se apresentarem conforme o agendamento que receberam nos seus e-mails. 

 

Benefícios – A 3 Sgt, Luiza Josmen Peteck dos Santos, falou sobre a necessidade, importância e os benefícios do jovem que ingressa no serviço militar obrigatório. Apesar de ser obrigatório, existe uma série de oportunidades, principalmente relacionadas ao mercado de trabalho, que se abrem para esses jovens. Ela relata que, em alguns casos, o soldo (salário que o soldado recebe) torna-se base principal da renda familiar, como também o apoio financeiro em casa. Segundo a militar, ao ingressar na força, o soldado recebe fardamento, alimentação, oportunidade de moradia (laranjeira – quando o soldado passa seu ano obrigatório morando no batalhão), plano de saúde, atendimento médico e odontológico. 

 

“Para os militares que possuem bom comportamento e pretendem se especializar em alguma área, o batalhão proporciona essa capacitação, tais como cursos técnicos, podendo até mesmo proporcionar a troca de categoria da habilitação, caso a função do soldado seja motorista e ele tenha interesse de seguir na força. Ou seja, o soldado sai do batalhão capacitado para entrar no mercado de trabalho”, salienta.

 

“O batalhão é bastante procurado pelas empresas para receber indicações desses jovens, logo os batalhões também indicam esses militares após seu término de serviço militar. Lembrando também que o empregador é obrigado a manter o emprego desse jovem que está passando pelo serviço militar obrigatório, ou seja, o jovem não perde seu emprego”, complementa a Sgt Josmen. 

 

Ela ressalta também alguns valores que a organização militar busca passar para esse soldado que incorpora, tais como: respeito, organização, comprometimento, autorresponsabilidade, trabalho em equipe, bons modos, disciplina, hierarquia e coletivismo. São valores que muitas famílias buscam ao querer que o filho passe pelo serviço militar.

 

Aprender valores como respeito, organização, comprometimento, autorresponsabilidade, trabalho em equipe. “Hoje em dia muitos meninos têm dificuldade de estar em um ambiente social. É muito difícil para eles lidar com o coletivo, pois cada um está no seu computador, na sua tela, no seu celular e esquece do coletivo. Então tem tudo isso que o Exército pode contribuir na formação do indivíduo”, argumentou a militar.

 

Processo de seleção – O conscrito, ao iniciar seu atendimento, passa pelos postos dentro da Comissão de Seleção, lá ele já sai sabendo se foi dispensado ou se está apto para a próxima fase. Os inaptos, que são os dispensados, já fazem o Juramento à Bandeira Nacional, são orientados a recolher a taxa e logo já conseguem retirar seu Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI). Já os aptos são orientados a estarem atentos a próxima fase da comissão que é realizada em 2024 no batalhão que o conscrito foi designado. É importante comparecer para essa segunda fase e finalizar o processo de apresentação, pois a ausência da segunda fase, gera a situação de refratário, isso faz com que o conscrito precise passar pelo processo novamente.

 

Fonte: Prefeitura de Toledo

 

Foto: Fabio Ulsenheimer

Entre para os nossos grupos:

Compartilhe:

Últimas notícias

Fórum de Inovação do COMCITI teve compartilhamento de ideias e experiências em destaque

No último sábado (24), o auditório do Centro de Eventos Ismael Sperafico em Toledo tornou-se o

Fórum de Inovação do COMCITI teve compartilhamento de ideias e experiências em destaque

No último sábado (24), o auditório do Centro de Eventos Ismael Sperafico em Toledo tornou-se o

DER reforça sinalização na PR-317 após série de acidentes graves entre Toledo e Ouro Verde do Oeste

Na manhã desta segunda-feira (26), trabalhadores de uma equipe terceirizada, responsável pela prestação de serviços para

Garoto realiza o sonho de conhecer o Exército Brasileiro

Macapá (AP) – O pequeno Gabriel, de apenas cinco anos, realizou o sonho de conhecer um quartel

PMPR apreende grande quantidade de armas e munições em São Miguel do Iguaçu

Na madrugada desta segunda-feira (26), durante a Operação Protetor, o Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFRON)

Chamar no whatsapp
Envie sua denúncia ou entre em contato
Envie sua denúncia ou entre em contato