Proprietário de postos de combustível em Toledo paga fiança de R$28.240 após irregularidades

O proprietário de dois postos de combustível de Toledo pagou R$28.240 de fiança para deixar a cadeia. Ele foi preso após fiscalização de dois estabelecimentos da mesma empresa. Nos locais foram constatadas irregularidades.

 

O delegado Fábio Freire da 20ª SDP (Subdivisão Policial) de Toledo falou sobre as ações desencadeadas na terça-feira (20) pela Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção ao Consumidor, Ipem (Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Paraná) e 20ª SDP.

 

As autoridades atenderam denúncias de possíveis adulterações em dois postos de combustíveis no Centro.

 

O delegado explica que no primeiro posto na avenida Nossa Senhora de Fátima, foi constatado uma infração criminal de menor potencial ofensivo que consistente no rompimento de um lacre em uma das tampas de uma bomba de combustível que dá acesso aos componentes eletrônicos.

 

Já no âmbito administrativo foram constatadas três infrações de maior gravidade. Uma delas é que as chaves que dão acesso aos componentes para fiscalização que devem ficar à disposição dos fiscais, não estavam no local. Já as outras são a ausência de dois alvarás, sendo de funcionamento e licença ambiental.

 

Já na avenida Maripá, no âmbito criminal foi verificado que em uma das bombas, nos dois ‘bicos’ estavam entregando volume de combustível menor ao consumidor, sendo um 850ml e o outro 900ml a cada 20 litros.

 

“Um dos fiscais, um policial que estava participando da fiscalização afirmou que foi o maior volume que já viu sendo repassado a menor ao consumidor”, afirmou o delegado Fábio Freire.

 

O delegado explica que o patamar aceitável durante a fiscalização é de até 100 ml para mais ou para menos.

 

Diante da situação, foi lavrada infração de média gravidade prevista na Lei 8.137. Já no âmbito administrativo havia a ausência do alvará de funcionamento.

 

Ambos os postos de combustíveis, que pertencem à mesma empresa, foram fechados e devem permanecer até a regularização da situação.

 

O proprietário/responsável foi preso e após audiência de custódia e pagamento de fiança de R$28.240 foi solto e responderá em liberdade.

 

Até o momento, as ações foram realizadas em Toledo, Céu Azul e Assis Chateaubriand. No Céu Azul nenhuma infração criminal foi identificada, mas um posto foi fechado. O delegado não informou o motivo.

 

As ações seguem em outros locais, mas detalhes não foram repassados para que o trabalho não seja prejudicado.

 

Redação Catve.com

Entre para os nossos grupos:

Compartilhe:

Últimas notícias

Missão Vocacional promete agitar paróquias do Decanato de Toledo neste sábado

Neste sábado (18/05) experiências de fé acontecem no Decanato Toledo através da Missão Vocacional MOVA 2024.

Missão Vocacional promete agitar paróquias do Decanato de Toledo neste sábado

Neste sábado (18/05) experiências de fé acontecem no Decanato Toledo através da Missão Vocacional MOVA 2024.

Adolescente de 14 anos continua desaparecida em Toledo e família segue desesperada por notícias

Desde as primeiras horas da manhã de terça-feira, 14 de maio, a família de Raiane Emanuele

Grave acidente de trânsito em Quatro Pontes deixa duas pessoas feridas

Por volta das 13h30 desta sexta-feira (17), a equipe do Corpo de Bombeiros de Marechal Cândido

Operação Delivery em Toledo resulta em duas prisões e apreensão de drogas

Na tarde desta sexta-feira (17), as equipes da Agência Local de Inteligência (ALI), ROTAM, ROTAM -

Chamar no whatsapp
Envie sua denúncia ou entre em contato
Envie sua denúncia ou entre em contato