Pacheco e Lira devem aceitar convite e integrar comitiva de Lula na China

Os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), deverão integrar a comitiva do presidente Lula na viagem à China. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, o presidente terá compromissos na China nos dias 28, 29 e 30 deste mês.

A programação inclui, por exemplo, reunião com o presidente chinês Xi Jinping em Pequim e a visita à sede do Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), em Shangai – o Brasil indicará a ex-presidente Dilma Rousseff para ser a nova presidente da entidade. O NBD é o banco do Brics, grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

A China é o principal parceiro comercial do Brasil desde 2009. E a agenda de Lula no país envolverá a busca por investimentos em áreas como energia e educação, além da assinatura de acordos de cooperação entre os dois países em diversas áreas, como agricultura.

Além de Pacheco e Lira, a comitiva de Lula na China também deve incluir ministros e empresáriosentre eles Joesley Batista, envolvido em um grampo em 2017 com o então presidente Michel Temer.

À época, o episódio levou a Procuradoria-Geral da República a denunciar Temer ao Supremo Tribunal Federal, mas a denúncia foi rejeitada pela Câmara dos Deputados, e o STF não analisou a questão.

A viagem de Lula à China acontece em meio à guerra na Ucrânia, que começou no ano passado após tropas russas invadirem o país. A China é aliada da Rússia.

Lula tem condenado a guerra, defendendo que os dois países cheguem a um acordo de paz – a Rússia já informou publicamente que analisa a proposta de paz defendida pelo presidente brasileiro.

Paralelamente a isto, o presidente chinês, Xi Jinping, desembarcou em Moscou nesta segunda-feira (20) para ter uma reunião com o colega russo Vladimir Putin.

Na avaliação do Ministério das Relações Exteriores brasileiro, diante desses fatos, o momento da visita de Lula à China é “muito bom” para que os dois presidentes discutam uma saída para a guerra.

“O presidente [Lula] tem falado sobre a importância da paz, de se falar sobre a paz. […] E há outros movimentos, você teve a apresentação da proposta chinesa, que não vou entrar no mérito, e você tem a notícia do presidente Xi Jiping vai a Moscou. Então, todos esses elementos criam uma massa crítica para uma boa conversa entre os dois [Lula e Xi Jinping]. Então, eu acho que será uma visita que ocorre num momento muito bom para esta conversa”, declarou Eduardo Saboia, secretário do Itamaraty para Ásia e Pacífico.

Entre para os nossos grupos:

Compartilhe:

Últimas notícias

Acidente entre automóvel e moto é registrado no Jardim La Salle em Toledo

Na noite desta quinta-feira (20), foi registrado um acidente envolvendo um automóvel e uma moto no

Acidente entre automóvel e moto é registrado no Jardim La Salle em Toledo

Na noite desta quinta-feira (20), foi registrado um acidente envolvendo um automóvel e uma moto no

Veículo pega fogo e mobiliza Corpo de Bombeiros em Palotina

Na noite desta quinta-feira (20/06), o Corpo de Bombeiro Militar de Palotina foi acionado após receber

Trabalhador que faleceu em acidente em elevador na Copacol em Goioerê é identificado

O trabalhador que faleceu em um trágico acidente ocorrido por volta das 15h30min em um elevador

Polícia Civil de Palotina pede ajuda para identificar corpo de homem localizado morto entre Maripá e Toledo

A Polícia Civil de Palotina pede ajuda para identificar corpo de homem localizado morto entre Maripá

Chamar no whatsapp
Envie sua denúncia ou entre em contato
Envie sua denúncia ou entre em contato