Deputado Federal Sperafico vota a favor do Veto 46 e contra saidinha dos presos

Por Clóvis Pedrini Jr.

 

Em sessão conjunta realizada na última terça-feira (28), o Congresso Nacional manteve o veto do ex-presidente Jair Bolsonaro à tipificação de crimes contra o Estado democrático de direito, incluindo a criminalização das fake news nas eleições (VET 46/2021). Na votação da Câmara dos Deputados, foram registrados 317 votos pela manutenção, 139 contrários e 4 abstenções. Como o veto foi mantido pelos deputados, não houve necessidade de votação pelos senadores.

 

Entre os parlamentares que votaram a favor da manutenção do Veto 46 estava o Deputado Federal Dilceu Sperafico (Progressistas/Paraná). Sperafico defendeu a importância de um debate mais aprofundado sobre a tipificação dos crimes contra o Estado democrático de direito, expressando preocupação com a definição e aplicação de tais crimes.

 

Na mesma sessão, o Congresso Nacional também derrubou os vetos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à lei que restringe a saída temporária de presos, conhecida como “saidinha”. A lei aprovada pelos parlamentares proíbe a concessão do benefício para condenados por crimes hediondos e violentos, como estupro, homicídio e tráfico de drogas. Em abril, Lula havia vetado o trecho que impedia a saída temporária de presos do regime semiaberto, condenados por crimes não violentos, para visitar suas famílias.

 

Até então, presos no regime semiaberto, que já tivessem cumprido um sexto da pena e demonstrassem bom comportamento, podiam deixar o presídio por cinco dias para visitar a família em feriados, estudar ou participar de atividades de ressocialização. Com a rejeição do veto pelos parlamentares, os detentos ficam impedidos de deixar as prisões em feriados e datas comemorativas, como Natal e Dia das Mães, mesmo os que estão no semiaberto. A saída para estudos e trabalho continua permitida, desde que observados critérios como comportamento adequado, cumprimento mínimo de 1/6 da pena para primários e 1/4 para reincidentes, e compatibilidade do benefício com os objetivos da pena.

 

O Deputado Federal Dilceu Sperafico também votou contra a derrubada do veto presidencial à restrição das saídas temporárias dos presos, demonstrando seu apoio a medidas mais rigorosas no sistema penitenciário. “A segurança da população deve ser nossa prioridade. Precisamos garantir que os benefícios concedidos aos presos estejam alinhados com a justiça e a proteção da sociedade”, afirmou Sperafico.

 

A decisão do Congresso Nacional reflete um intenso debate sobre a segurança pública e os direitos dos detentos, com parlamentares divididos entre garantir medidas mais severas para crimes graves e manter mecanismos de ressocialização para presos que apresentam bom comportamento.

Entre para os nossos grupos:

Compartilhe:

Últimas notícias

Acidente entre automóvel e moto é registrado no Jardim La Salle em Toledo

Na noite desta quinta-feira (20), foi registrado um acidente envolvendo um automóvel e uma moto no

Acidente entre automóvel e moto é registrado no Jardim La Salle em Toledo

Na noite desta quinta-feira (20), foi registrado um acidente envolvendo um automóvel e uma moto no

Veículo pega fogo e mobiliza Corpo de Bombeiros em Palotina

Na noite desta quinta-feira (20/06), o Corpo de Bombeiro Militar de Palotina foi acionado após receber

Trabalhador que faleceu em acidente em elevador na Copacol em Goioerê é identificado

O trabalhador que faleceu em um trágico acidente ocorrido por volta das 15h30min em um elevador

Polícia Civil de Palotina pede ajuda para identificar corpo de homem localizado morto entre Maripá e Toledo

A Polícia Civil de Palotina pede ajuda para identificar corpo de homem localizado morto entre Maripá

Chamar no whatsapp
Envie sua denúncia ou entre em contato
Envie sua denúncia ou entre em contato