Acusados de planejar sequestro de Sérgio Moro são assassinados em presídio de São Paulo

Dois acusados de arquitetar o plano que resultaria no sequestro e possível assassinato do ex-juiz federal, ex-ministro da Justiça e atual senador pelo Paraná Sergio Moro  em 2022 foram assassinados ontem no presídio onde estavam em São Paulo.

 

A investigação aponta que os crimes ocorreram por determinação da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

 

Além de Moro, a facção tinha como alvo prioritário Lincoln Gakya, promotor do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de São Paulo.

 

Gakya foi o responsável por descobrir as informações sobre o planejamento do sequestro de Moro e repassá-las à Polícia Federal . o que levou à prisão e indiciamento dos envolvidos.

 

Os dois envolvidos no planejamento criminoso contra Moro foram presos durante a Operação Sequaz, deflagrada pela PF no início do ano passado e  estavam na Penitenciária de Presidente Venceslau II (SP.

 

Janeferson Aparecido Mariano Gomes, o Nefo, e Reginaldo Oliveira de Sousa, o Rê, ambos com 48 anos, foram atraídos em uma emboscada durante o banho de sol por pelo menos três criminosos ligados à “Sintonia Restrita”, considerado grupo de elite do PCC para ações de ataques, assassinatos e terrorismo.

 

Nefo teria sido levado até um banheiro, onde foi morto a facadas, assim como Rê, que também foi vítima de espancamento.

 

Os responsáveis pelas mortes se entregaram aos policiais penais logo após as execuções.

 

Conforme informações apuradas com serviços de inteligência das forças de segurança, os dois, apesar de serem nomes fortes do PCC, foram mortos porque “teriam falado demais”, numa espécie de “eliminação de pontas soltas”, indicando terem apontado outros membros da facção em ações criminosas.

 

Nefo seria um dos membros do “Sintonia Restrita”

 

Gazeta do Povo

Entre para os nossos grupos:

Compartilhe:

Últimas notícias

Filho mantém mãe e outra mulher reféns em Toledo

Na tarde desta quarta-feira (24), uma operação conjunta entre a Guarda Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil

Filho mantém mãe e outra mulher reféns em Toledo

Na tarde desta quarta-feira (24), uma operação conjunta entre a Guarda Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil

PRF faz a maior apreensão de cigarros eletrônicos do país em 2024

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu um carregamento de 129 mil cigarros eletrônicos, em Vitorino (PR),

Hilux capota e para a 40 metros após colisão com Prisma no Jardim Porto Alegre em Toledo

Na tarde desta quarta-feira (24), um acidente envolvendo uma Toyota Hilux e um Chevrolet Prisma foi

Moradores de rua causam incômodo na Sanga Panambi e Guarda Municipal de Toledo é chamada para intervenção

Na noite da terça-feira (23), às 19h51, a Guarda Municipal de Toledo foi acionada para verificar

Chamar no whatsapp
Envie sua denúncia ou entre em contato
Envie sua denúncia ou entre em contato